Questão de gosto: tempo

Volto hoje a falar de comida na rádio CBN. Quem me conhece sabe que estou contente com a novidade (a imagem é uma mistura de dancinha feliz com cara de pânico, borboletas em revoada no estômago). Anyway, o quadro se chama Questão de Gosto (escute aqui) e toda sexta-feira vamos falar de sabor e comportamento.

É uma conversa minha com o Fernando Andrade no programa CBN Total e entra no ar para todo o Brasil, ao vivo, passados uns minutinhos das 16h.

O texto que você lê agora eu publiquei logo depois da estreia (sinal de que ainda estou viva), quando escolhi falar sobre o tempo. Que tempo é esse? É o tempo que a gente usa ou o tempo que a gente “perde”? Existe o tempo que a gente usa para bater um bolo, por exemplo, e também o tempo de esperar ficar pronto; de aproveitar a permanência do perfume desse recém assado que se espalha pela casa inteira.

Espero esfriar ou tiro logo uma fatia quebrando de quente, mesmo se queimar minha a língua? Imagina um pedaço de bolo de nada, que é a base de tudo: farinha, açúcar, ovo e leite; o bolo simples, quentinho, e um naco de manteiga por cima (!). Que tempo luxuoso é esse o de aproveitar uma coisa tão boa, não é…?

A mensagem que eu quis deixar nesse “começo de conversa” é que ao preparar uma comida e comer, fazer uma refeição, o tempo que a gente USA é totalmente diferente do tempo que a gente GASTA ou pensa que PERDE nessas ações, nesses gestos.

Ah, ‘mas eu poderia estar usando o meu tempo de outra forma, no lugar de cozinhar’ ou ‘eu preciso fazer um monte de coisas, não dá tempo de cozinhar nem de sentar para comer’. Certo. Só que além da nossa organização, que em parte justifica a existência ou a falta do tempo, cozinhar é também uma questão de gosto – com trocadilho -, disposição, escolha. Não é todo mundo que gosta ou quer. Talvez mais gente prefira comer do que de cozinhar (…). E, tudo bem, também.

Em termos de comida e qualidade de vida, prazer, lazer etc., a combinação de tempo e reflexão é fundamental. Sentar para comer sozinho ou com alguém e prestar atenção no prato. Tomar um café da manhã largo e não em pé, correndo, aflito. Respirar. Olhar para a comida. Escolher. Deixar nosso filho comer em seu tempo, sem ficar apressando-o com o famigerado e tão usado e batido “vai logo!” (quem nunca? Acho que eu duvido…).

Não é fácil. Todos os dias eu tento fazer essa conta fechar. Às vezes consigo, em outras vezes não, às vezes me descabelo, às vezes o jeito é pedir uma pizza.

Pensando nisso tudo eu lembrei de uma afirmação que diz que nutrimos atualmente um “sentimento geral de pânico em relação ao tempo”. O que é que cada um de nós pode fazer para aliviar isso? Essa do sentimento geral de pânico não é minha, mas do jornalista e escritor norte-americano Michael Pollan, um estudioso da alimentação. No livro Cozinhar – Uma história natural da transformação (2014, Intrínseca), ele diz justamente que o tempo é o ingrediente que falta nas nossas receitas. Eu acho que isso diz tanto…!

Esse livro virou uma série em quatro capítulos exibida pelo Netflix desde o começo do ano, chama-se Cooked e é uma reflexão bem interessante sobre nossos hábitos e costumes, sobre o problema dos alimentos ultraprocessados, a obesidade, a desconexão com a origem da comida, sobre o fato de cozinharmos menos (…).

E por aí vai.

Bom, é isso. O Questão de Gosto é sopa de pedra (a forasteira sou eu, que chegou com o caldeirão vazio, umas pedrinhas – preciosas – e água. Quem nos ouve pode ajudar a dar corpo ao ensopado, com suas histórias, opiniões e perguntas). Lá vamos nós.

Ah, e não vamos esquecer do Lembraria (uma das joias do caldo que a gente vai extrair). Saiba mais em http://www.lembraria.com. É história de comida no futuro do pretérito.

qual seria a trilha sonora?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s