Festim alegórico

A pedido de minha editora Ana Holanda, escrevi Festim alegórico para a Vida Simples de agosto de 2013. É a edição romeu e julieta de número 134, que já deve ter sido recolhida das bancas e ainda demora um pouco para chegar ao site, porque tem o tempo dela. Mais uma vez, porém, a revista teve a delicadeza de adiantar um pdf para colar aqui.

(…) Por um tempo de celebrações e brindes mais
espontâneos, brigadeiros desiguais e a liberdade
de abrir o presente na hora em que bem entender

>>clique neste link para ler o texto completo<<

Tentei entender por que tantas pessoas gastam (e se desgastam) só para dizer (com pirotecnia) que é bom ter o outro por perto. É óbvio que qualquer convescote carece de energia, empenho e uma boa dose de desejo para que simplesmente funcione. Mas talvez em boa parte dos casos, afinal, esse desejo não seja a razão mais profunda — aí a coisa fica estranha.

2 pensamentos sobre “Festim alegórico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s